Curso de Idiomas: Quanto tempo?

Curso de Idiomas: Quanto tempo?

28/09/2017 18:19:34    |    Intercâmbio de Estudo
31

Você pode realizar por quanto tempo quiser e o tempo de aprendizado vai depender da sua dedicação em estudar o idioma. Quanto maior a exposição e o tempo disponibilizado a isso, maior e mais rápida será a evolução.

 

No entanto, de uma forma geral, os estudantes levam uma média de 8 semanas para mudar de nível, então se o seu nível for básico em 10 semanas estudando em outro país, você consegue atingir o nível pré-intermediário, se o seu nível for pré-intermediário, irá atingir o nível intermediário e assim por diante. O aperfeiçoamento ocorre em todos os quesitos, na fala, na escuta e na leitura. Claro que esse tempo pode vai variar conforme a instituição de ensino. Algumas instituições oferecem essa evolução em 4 semanas, outras em 8 e outras em 10.

 

O estudo do idioma não é apenas durante a aula, mas também fora, como ler um livro no idioma em que está estudando, escutar outras pessoas na rua falando e praticar a falar, seja para pedir uma direção, informação ou o seu almoço, tudo isso faz parte da imersão. Não perca as oportunidades do dia a dia para praticar e melhorar.

Além disso, outras opções que ajudam é assistir um filme com a legenda no idioma, escutar uma música com a letra para acompanhar, assistir a uma série, essas opções te ajudam e melhorar a leitura e escuta.

 

A evolução varia de pessoa para pessoa, algumas tem mais facilidade para aprender do que outras, mas a dedicação ao estudo é fundamental e determinante para que a sua evolução seja rápida!

 

Para aqueles que não tem tempo de realizar um intercâmbio de longa duração, faça um mais curto em um curso intensivo, por exemplo, e aproveite a chance de morar fora do país e conhecer uma nova cultura, ter contato com outras pessoas do mundo todo.

 

Independente da duração do programa, realizar um intercâmbio é uma experiência única.

 

 

 

Else Nakahara é formada em Turismo e viajante compulsiva, já morou em Floripa, Japão, Austrália e Angola. Quando viaja fica sempre atenta aos costumes e cultura local buscando aprender algumas palavras do dia-a-dia na língua nativa.