A Agricultura nas Américas

A Agricultura nas Américas

26/01/2017 14:47:59    |    Agricultura
11

A agricultura envolve o conjunto de técnicas utilizadas para cultivar plantas com o objetivo de obter alimentos, fibras, bioenergia e para fins recreativos. O início das atividades agrícolas datam de cerca de 10.000 anos, quando o homem deixou de ser nômade e passou a formar sociedades ou grupos em determinadas regiões.  Acredita-se que tenha iniciado de forma independentemente em diferentes lugares do mundo, provavelmente nos vales e várzeas fluviais habitados por antigas civilizações.

 

Dois tipos de agricultura podem ser identificados: o intensivo ou comercial e o extensivo ou de subsistência. A agricultura comercial visa à produção de renda financeira através da produção de plantas e animais que são demandados no mercado.   Pode também ser classificada como convencional, orgânica, hidropônica, biodinâmica e vários outros tipos.

 

O Brasil é considerado o detentor da mais avançada tecnologia adaptada aos solos tropicais, principal região do planeta em que ainda há áreas que podem ser incorporadas ao processo produtivo, sem prejuízo das áreas de preservação.

 

Embora a agricultura seja uma atividade essencial para suprir demandas do mercado ela varia conforme a região em possuindo similaridades e aspectos distintos, a exemplo dos contrates que ocorrem com a agricultura brasileira e norte americana:

 

  • Produtor americano reside na propriedade nos EUA
  • Duas culturas por ano no Brasil
  • Área disponível para expansão das lavouras no Brasil
  • Soja: Brasil com melhor produtividade e de teor de óleo e proteína
  • Milho: EUA com muito maior produtividade
  • Algodão: Maior tecnologia no Brasil
  • Infraestrutura: EUA muito melhor
  • Equipamentos: Maiores e mais modernos nos US, embora a diferença esta diminuindo.
  • Gerenciamento de dados e business: EUA bastante a frente
  • Impostos: Brasil com peso tributário maior
  • Consciência conservacionista: Maior no Brasil
  • Adoção de novas tecnologias: Mais rápida nos EUA
  • Sentimento de comunidade/parceria: Maior nos EUA
  • Desafios em produzir: Maiores no Brasil devido a pragas, doenças, regime hídrico e desafios de logística.
  • Otimismo: Grande no Brasil

 

Aluízio Borém | É agrônomo com grande experiência como consultor, professor universitário e melhorista de plantas/biotecnólogo. Desempenhou atividades internacionais em mais de 12 países e organizações internacionais. Borém obteve seu Ph.D. em genética e melhoramento de plantas pela University of Minnesota, USA, e publicou mais de 100 livros em português, inglês, espanhol, mandarim e coreano, além de muitos outros artigos científicos, de jornais e material de informativo. Como melhorista de plantas e biotecnólogo desempenhou atribuições para a UNIDO e FAO, órgãos da ONU, para o CIAT, e várias outras organizações internacionais .