Depoimentos - Holanda

Holanda

Depoimento Natália Alcântara

 

Estudante do 5º ano de Zootecnia – Unesp
Área de estágio: Bovinocultura de leite

Experiência pessoal:

"Fazer um intercâmbio nem sempre é a coisa mais fácil do mundo, mas com certeza também não é a mais difícil. E você deve saber que por mais forte que você seja, em alguns momentos você vai sentir saudade de casa, dos amigos, e principalmente das coisas rotineiras que você fazia sem nem sequer perceber, porque quando você está num país diferente, TUDO é diferente e você tem que mudar a sua vida pra poder viver sem problemas nesse novo lugar.

Aproveite esse tempo também pra se conhecer melhor, porque às vezes sem a gente perceber as nossas atitudes são influenciadas pelas outras pessoas e quando você passa um tempo sozinho você consegue saber quem realmente você é, o que realmente você quer pra sua vida e principalmente e o que você realmente não quer pra sua vida.

Experiência profissional:

Se prepare para trabalhar muito, fazer esforço físico, atividades rotineiras, cansativas e às vezes chatas, mas que você precisa aprender a fazer. Não pense que fazer estágio em outro país é diferente de fazer estágio no Brasil. Falando agora das atividades do estágio, eu começo a trabalhar às 7 da manhã e paro às 5 da tarde e durante esse período tenho pausa para tomar café no meio da manhã e no meio da tarde e almoço.

As atividades da fazenda são todas organizadas durante a semana, então todas as segundas-feiras as atividades são as mesmas, todas as terças e assim por diante, porém algumas atividades são realizadas todos os dias, tais como alimentação dos animais e limpeza dos boxes onde as vacas deitam, por exemplo.

Aqui na Holanda os produtores de leite investem em muita tecnologia em suas fazendas, na fazenda onde eu faço o estagio eles possuem um robô o qual faz a ordenha das vacas automaticamente 24 horas por dia, sem precisar da presença de uma pessoa, estou enviando um vídeo do youtube pra mostrar o tal robô de leite, dando portanto ao fazendeiro mais tempo para realizar outras atividades na fazenda, porque normalmente eles trabalham sozinhos na fazenda ou para fazer a administração da mesma, pois eles preferem eles mesmos fazer esse trabalho.

Já visitei também locais que usam a ordenhadeira mecânica, a mesma encontrada no Brasil, porém empregaram tecnologia no galpão, fazendo com que a ordenha fique mais eficiente, por exemplo, uma propriedade que eu visitei com ordenhadeira mecânica o galpão tinha um dispositivo que quando acionado um portão fazia com que o galpão de espera da ordenha ficasse menor a cada leva de animais que entravam na ordenha para que eles não precisassem sair de dentro do tanque de ordenha para buscar as vacas.

É muito importante você ressaltar à empresa o que você está pretendendo encontrar, se você quer ir para uma fazenda com tecnologia ou pra uma empresa que faça determinada atividade com determinado material, principalmente porque você pode encontrar tecnologia de última geração e se você não deixar claro que você quer encontrar isso, talvez você possa ser mandado pra um lugar sem novas tecnologias empregadas.

Em relação às duas empresas envolvidas no meu estágio (CAEP no Brasil e Stichting Uitwisseling na Holanda) todo o apoio que eu precisei eu obtive, todas as minhas dúvidas foram esclarecidas ora via email, ora via msn messenger e ora via telefone, fui mto bem atendida e bem esclarecida sobre tudo o que poderia acontecer comigo durante o período de estágio antes e durante o mesmo. A empresa no Brasil antes de realmente me aceitar no programa de estágio me passou um contato de um aluno de Zootecnia de Botucatu que também fez o intercâmbio para que ele pudesse me esclarecer melhor dúvidas. Portanto as duas empresas tem atendimento de alta qualidade. "